Segurança Alimentar

July 4, 2017

Ratos, baratas, moscas, mosquitos, formigas... A presença desses seres indesejáveis nas áreas de alimentação é um verdadeiro perigo e ainda revela uma falta gravíssima nos processos de higiene e segurança dos estabelecimentos.

 

Esses animais podem carregar micro-organismos como fungos, bactérias e vírus causadores de diversos problemas de saúde, principalmente distúrbios gastrointestinais, conjuntivites e infecções de pele, tanto para os clientes quanto para os funcionários. 

 

Como o controle de pragas é uma exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), existem normas para esse procedimento e deve ser realizada de maneira correta. As medidas preventivas são também necessárias para realizar este controle, onde,  primeiramente deve-se eliminar as fontes de atração destas pragas, que são:  “ALIMENTO, ABRIGO, ACESSO e ÁGUA”. Se eles conseguem entrar, encontrar comida e água e um lugar para se esconder, terão um ambiente propício para a sua proliferação.

 

Abaixo, estão algumas medidas de prevenção e corretivas que ajudam a reduzir a incidência de pragas urbanas.

 

1. Garanta a limpeza de todos os equipamentos e ambientes para que não haja restos de alimentos, gordura e água acumulados.

 

2. Verifique sempre os armários e as prateleiras.

 

3. Não deixe os alimentos desprotegidos. Tudo deve ser guardado em recipientes fechados.

 

4. Remova o lixo, no mínimo, uma vez ao dia e feche bem os sacos.

 

5. Não acumule caixas, embalagens ou qualquer objeto que possa servir de abrigo para as pragas.

 

6.  As portas e as janelas devem ser mantidas ajustadas aos batentes.

 

7. As aberturas externas das áreas de armazenamento e preparação de alimentos, inclusive o sistema de exaustão, precisam ter telas milimetradas para impedir o acesso de vetores e pragas urbanas. Elas devem ser removíveis para facilitar a limpeza periódica.

 

8. Instalações físicas, como piso, parede e teto, devem possuir revestimento liso, impermeável e lavável. Verifique sempre se não há rachaduras, trincas, goteiras, vazamentos, infiltrações, bolores e descascamentos.

 

9. Opte por ralos do tipo abre e fecha ou tela.

 

10. Faça a vedação de fossas sépticas, assépticas, instalações hidráulicas e rede de esgoto.

 

Fonte: www.anvisa.gov.br e www.unileverfoodsolutions.com.br

 

 

 

Please reload

Featured Posts

Segurança Alimentar

July 4, 2017

1/2
Please reload

Recent Posts

June 8, 2017

Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2014  por Sulprag Controle de Pragas Ltda                                                              

(51(51) 98474-3557(

  • Sulprag Controle de Pragas
  • Sulprag Controle de Pragas
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now